FR VIAGENS E TURISMO
Buscar
  • FR Viagens e Turismo

Suíça retira praticamente todas as medidas de restrições contra o Covid-19

A Suíça suspenderá quase todas as restrições sanitárias à Covid-19. A medida entra em vigor a partir de 17 de fevereiro quando já não será obrigatório os uso de máscaras na maioria dos ambientes e nem a apresentação de certificados.

O país, como os demais europeus, tem registrado uma queda diária no número de novas infecções e mortes. O número de internamentos também está baixo e os temores com a variante Omicron diminuíram. Assim, o governo suíço resolveu retirar a obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes fechados, como escolas, museus, shoppings, lojas e empresas. A manutenção da máscara só se mantém em transportes públicos, hospitais e casas de repouso até 31 de março.


Agora também não será necessária a apresentação de certificados para entrar em restaurantes ou em atividades culturais. As restrições referentes a capacidade de público também foram abolidas.

A Suíça está dando um passo decisivo e importante em direção à normalidade”, afirmou o presidente suíço Ignazio Cassis.


Veja mais:



Mais de 90% da população de 8,6 milhões de pessoas da Suíça ganhou proteção contra o vírus, tendo se recuperado da Covid-19 ou vacinado.

Vale destacar que outros países europeus também seguem o mesmo caminho. A Espanha já quer tratar o vírus como uma endemia e não uma pandemia. A Dinamarca decretou o fim da pandemia e levantou às restrições sanitárias impostas. Portugal flexibilizou a entrada de estrangeiros e deve retirar muitas restrições nos próximos dias. Já a Grécia liberou a entrada de brasileiros após 2 anos fechada.



A Suíça foi um dos primeiros países na Europa a autorizar a entrada de brasileiros para turismo. Hoje quem viaja para lá deve apresentar comprovante de vacinação completa de qualquer uma das vacinas aprovadas pela OMS (inclusive Coronavac).



Fonte: Melhores Destinos

  • Instagram
  • Facebook ícone social