FR VIAGENS E TURISMO
Buscar
  • FR Viagens e Turismo

União Europeia prevê liberação da entrada de todos os turistas vacinados a partir de março de 2022

Espera-se que países da União Europeia liberem entrada de todos os turistas vacinados a partir de março/2022.


Os países da União Europeia deverão abrir totalmente suas fronteiras aos viajantes estrangeiros vacinados a partir de 1 de março. Esta é a recomendação aprovada pelo Conselho do Bloco que reúne todos as lideranças políticas dos 27 países membros.


A nova medida atingiria todos os turistas de fora da União Europeia, inclusive os brasileiros. Todas as vacinas aprovadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) seriam aceitas, entre elas a Coronavac. “As alterações introduzidas respondem à evolução da pandemia, ao aumento da adesão à vacinação e à administração de doses de reforço e ao reconhecimento de um número crescente de certificados emitidos por países terceiros”, destacou o comunicado divulgado pelo Conselho após a reunião.


Veja mais:



De acordo com a recomendação, os viajantes devem apresentar certificado de vacinação onde comprovam que a segunda dose foi recebida no mínimo 14 dias antes do embarque e não mais de 270 dias antes da chegada ao país de destino ou que receberam a dose de reforço.

Para as pessoas imunizadas com uma vacina aprovada pela OMS, os países também podem exigir um teste PCR negativo realizado no mínimo 72 horas antes da partida e podem aplicar medidas adicionais, como quarentena ou isolamento. A mesma regra também pode ser aplicada aos viajantes que se recuperaram do Covid nos 180 dias antes da viagem.




Já para os menores entre 6 e os 18 anos a recomendação do Conselho Europeu segue as condições estabelecidas para os adultos. Entretanto, as crianças não vacinadas poderão entrar na União Europeia com um teste PCR negativo realizado no mínimo 72 horas antes da partida. Os menores de 6 anos poderão viajar sem teste.

Vale destacar que apesar das normas terem sido aprovadas no Conselho da União Europeia, que reúne todos os 27 países membros, elas são apenas recomendações. Cada país é independente para adotá-las ou não.


Esta diferença política é bem perceptível nas atuais regras vigentes. Alguns países, como a Áustria, Espanha, Estônia e Suécia aceitam atualmente todas as vacinas da OMS. Já Alemanha e Bélgica só recebem turistas imunizados com AstraZeneca, Jansen, Pfizer e Moderna. E há ainda outros estados da União Europeia que nem exigem que o viajante esteja vacinado. É o caso de Portugal e da Croácia, onde bastam um teste negativo para entrar.


De todo modo, as recomendações aprovadas no Conselho já surtiram efeito nesta semana. A Itália, que estava fechada aos turistas brasileiros há quase 2 anos, finalmente abrirá suas fronteiras na próxima terça-feira.


Fonte: Melhores Destinos

  • Instagram
  • Facebook ícone social