FR VIAGENS E TURISMO
Buscar
  • FR Viagens e Turismo

Piscina mais profunda do mundo é inaugurada em Dubai.

Deep Dive Dubai tem 60,02 metros de profundidade e 14,6 milhões de litros de água, o equivalente a 6 piscinas olímpicas. Atração foi reconhecida pelo Guinness Book.



A piscina para mergulho mais profunda do mundo foi inaugurada em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e reconhecida pelo Guinness Book.

A Deep Dive Dubai (mergulho profundo em Dubai, em tradução livre) tem 60,02 metros de profundidade e 14,6 milhões de litros de água, o equivalente a seis piscinas olímpicas.

"Quinze metros a mais do que qualquer outra piscina do mundo e o dobro do tamanho", faz questão de ressaltar Jarrod Jablonski, diretor do projeto (veja vídeo a seguir).



Seu tema é uma "cidade submersa", e ela foi aberta ao público na quarta-feira (7/7), em meio à tentativa do emirado no Golfo Pérsico de atrair novos turistas apesar da pandemia do novo coronavírus.


Dubai

Dubai é um dos sete emirados dos Emirados Árabes Unidos, um país no Golfo Pérsico que faz fronteira com Arábia Saudita e Omã e tem cerca de 10 milhões de habitantes.

A cidade tem o prédio mais alto do mundo, o Burj Khalifa, além de diversas atrações e recordes extravagantes espalhados entre seus arranha-céus e ilhas artificiais.

O emirado é um centro de turismo e negócios no meio do deserto, com temperaturas escaldantes durante o verão, e ao mesmo tempo grandes parques aquáticos e até uma pista de esqui coberta de neve.

Em 2019, antes da crise sanitária, Dubai recebeu mais de 16 milhões de turistas. Mesmo com a pandemia, a cidade tem recebido viajantes internacionais desde julho do ano passado.

Os Emirados Árabes Unidos têm 1.866 mortes por Covid-19 e 650 mil casos confirmados desde o início da pandemia, segundo dados do "Our World in Data", projeto ligado à universidade de Oxford.



Leia mais:


A piscina



A Deep Dive Dubai fica no Pearl Diving Pool, uma instalação de aproximadamente 5 mil metros quadrados. A piscina é uma estrutura de concreto que tem um poço circular profundo e iluminado.

Os mergulhadores podem explorar as profundezas de uma "cidade perdida" reconstruída, repleta de objetos da vida cotidiana e coberta por uma vegetação exuberante.

Jablonski diz que a intenção do projeto é "relembrar a herança do mergulho nos emirados e da pesca de pérolas", por isso o formato de ostra da estrutura externa do complexo .

Uma sessão de uma hora no local custa entre 500 e 1,5 mil dirhams (entre US$ 135 e 410 ou entre R$ 700 e R$ 2,1 mil).


FONTE: G1


Tá pronto(a) pra mergulhar em plena zona urbana de Dubai?

Conta pra gente aí embaixo nos comentários.

Ah! Não esquece de curtir e compartilhar a notícia ok?